NARRATIVAS DA VIDA

Sou  Psicologa  CRP-03/01376  e  uso a abordagem da Narrativa como instrumento de  trabalho. A Terapia Narrativa é uma visão de mundo, uma filosofia de vida inserida em uma abordagem terapêutica pós-estruturalista que não separa o observador do observado.

GANDHI

 A LUTA PARA LIBERTAR UMA NAÇÃO DA MISERIA FILME: GANDHI

SEU TRIUNFO MUDOU O MUNDO  - SUA META ERA LIBERTAR A INDIA - SUA ESTRATEGIA ERA A PAZ - SUA ARMA ERA SUA HUMANIDADE

Esta superprodução rodada quase inteiramente na Índia mostra a vida de MAHATMA GANDHI, o homem que, sempre de modo pacífico, lutou contra a miséria, a favor dos direitos civis e pela libertação da Índia. (Wikipédia)

Elenco • Ben Kingsley - Mahatma Gandhi • Candice Bergen - Margaret Bourke-White : • Edward Fox - General Dyer 116 • John Gielgud - Lord Irwin – Daniel Day Lewis - Colin • Diretor: Richard Attenborough • Data de lançamento: 17 de fev de 1983 (Reino Unido) • Resumo: 1983 · 3hora 11min • Prêmios: Oscar de melhor filme (1983) · • Oscar de melhor ator (1983) • Oscar de melhor diretor (1983) · • Oscar de melhor direção de arte • Roteirista: John Briley

RESUMO DO FILME GANDHI E CRITICA ATUAL Quais eram as ideias deste homem indiano, qual a finalidade da luta que ele travou contra o imperialismo Inglês, e o que é que ele pretendia com tudo isso?

MAHATMA GANDHI era um homem de família rica, que estudou direito na Inglaterra e se formou advogado de leis. Vivia na África do Sul onde pertencia ao Partido do Congresso que representava os interesses de muitos hindus e era considerado o principal líder da luta pacífica, baseada no uso da não violência.

MAHATMA GANDHI defendia a ideia da independência e liberdade da Índia, país que vivia em situação de grande pobreza e que nesse momento estava sob a posse dos Britânicos, que colonizavam as terras e que as geriam de acordo com suas próprias leis. GANDHI passou por grandes dificuldades nessa luta, pois foi preso por várias vezes por fazer com que a população se juntasse a ele, revoltando-se contra as leis e a política. Tentou chegar a um acordo com as autoridades britânicas, mas nunca conseguiu, pois essas autoridades eram colonos na Índia e os britânicos e não pretendiam entregar a Índia de maneira nenhuma. Foram gerados terríveis combates entre muçulmanos, hindus e britânicos, como foi o caso dos grandes massacres em Amristar onde foram atingidos e mortos muitos homens, mulheres e crianças indefesas.

GANDHI, apesar de passar por todas estas dificuldades nunca se deixou abalar e continuou a sua luta para conseguir atingir os seus objetivos. Organizou uma marcha com os seus conterrâneos indianos até ao mar, para provar que o sal marinho pertencia a todos e que não era apenas mercadoria britânica. Após isto Gandhi foi detido mais uma vez, mas os britânicos rapidamente perceberam que GANDHI era o único que poderia controlar as multidões revoltadas e libertaram-no em seguida.

GANDHI era um homem de bem e prontificava-se a ajudar as pessoas que trabalhavam na tecelagem, mediante exploração injusta dos proprietários sobre esses trabalhadores, e como estes eram também economicamente oprimidos. Gandhi sugeriu que fosse feita uma greve, mas os trabalhadores temiam as suas consequências e ele para que conseguisse encorajá- los entrou em jejum, deixando de comer e beber, podendo chegar até à morte. Com este jejum, GANDHI conseguiu que muçulmanos e hindus fizessem um acordo de paz entre eles e prometessem que não voltariam a entrar em conflitos uns com os outros. Foi durante esta luta pela independência que surgiu a divisão da Índia em dois países, a Índia e o Paquistão. O imperialismo contemporâneo também foi denominado como neocolonialismo por possuir semelhanças com o regime que vigorava na altura do séc. XV que era o colonialismo. Sir Ben Kingsley interpretou Gandhi em 1982 Foto: Columbia Picture Comentario copiado do The Economist - 20 Outubro 2018 O estoque de heróis nacionais flutua com o tempo. Durante décadas, Jawaharlal Nehru, primeiro - ministro da Índia, foi venerado em seu país. Escritor talentoso, ele lançou livros chocantes enquanto estava encarcerado em prisões controladas por britânicos. No poder, ele manteve seu país multi-religioso, democrático e estável, apesar das enormes tensões No exterior. ele guiou o pais para longe dos envolvimentos da Guerra Fria. No entanto, hoje a admiração está fenecendo: “O clima popular na Índia se voltou ferozmente contra Nehru e seu legado”, observa o historiador Ramachandra Guha.

E quanto à reputação do luminar mais venerado de todos? Gandhi foi o proeminente construtor da nação Índia. Ele fez mais do que qualquer outro para garantir o fim do domínio imperial. Suas décadas de agitação, desobediência civil, marchas, jejum, lobby, aprisionamento e busca por publicidade – técnicas que ele praticou pela primeira vez na África do Sul dirigida pelos britânicos – gradualmente tornaram inevitável a liberdade da Índia. Ele fez o Congresso crescer de um reduto elitista para um movimento de massa. Ele pressionou pela harmonia entre hindus e muçulmanos, pelos interesses dos dalits (anteriormente “intocáveis”), pela igualdade das mulheres e pela rejeição da industrialização em favor do artesanato baseado nas aldeias. Em todos esses esforços, exceto o último, ele moldou o subsequente caráter democrático da Índia. Crucialmente, ele também cultivava sucessores, mais obviamente, Nehru. O contraste com o Paquistão militarista, instável e muitas vezes repressivo sob Muhammad Ali Jinnah não poderia ser mais ser mais impressionante.

E O QUE VAMOS DESTACAR DA VIDA DE MAHATMA GANDHI NA TERAPIA NARRATIVA?

Vamos fazer sobressair novamente o PANORAMA DE AÇÃO e de IDENTIDADE vistos através de sua Biografia onde é traçada a evolução das crenças políticas de Mahatma Gandhi que nasceu  num lugar distante com crenças e castas diferentes e teve através da politica uma atitude prática em que também lutou por seus sonhos e crenças. Continuando com nosso estudo de casos, vamos destacar que no filme, como na vida de GANDHI também fomos cúmplices e Testemunhas Externas de suas atividades politicas. Ele teve um sonho, sonho que foi demonstrada de forma totalmente pacifica, mas diferente daquela de KING, o que vem demonstrar que como a realidade é múltipla as demonstrações podem ser diferentes, embora com semelhanças. Enquanto LUTHER KING demonstrou e transmitiu esse sonho nos seus discursos e marchas, GANDHI jejuava e lutava de outra forma por suas realizações. GANDHI no processo da sua luta usou como objetivo o caminho da revolta contra os ingleses, contra uma situação de miséria, lutou pela independência do pais e foi ganhando força. Também transformou a luta num sonho e uma meta a alcançar. Começou a trabalhar para defender suas ideias e tornar possível mesmo que de forma diferente a realização desse sonho. Ambos em realidades diferentes trabalham contra a pobreza e preconceitos embora com semelhanças. Ambos foram assassinados, mostrando o quanto é difícil respeitar as diferenças.

FRASE DE MAHATMA GANDHI : “NA TERRA HÁ O SUFICIENTE PARA SATISFAZER AS NECESSIDADES DE TODOS, MAS NÃO PARA SATISFAZER A GANÂNCIA DE ALGUNS. NOSSOS PENSAMENTOS, POR MELHORES QUE SEJAM, SÃO FALSAS PÉROLAS, SE NÃO SÃO TRANSFORMADAS EM AÇÕES.” “SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER NO MUNDO”